Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Getty Images

Joe Biden, rival de Donald Trump, não quer saber dos Guns N' Roses: prefere 'Despacito'

A tentativa do candidato Democrata de se conectar com os eleitores latino-americanos tornou-se viral

Joe Biden passou esta semana pelo estado da Flórida, onde participou num comício da sua campanha para presidente dos Estados Unidos.

De forma a conectar-se com o eleitorado latino-americano, Biden deu uma entrevista ao canal Telemundo onde prometeu amnistia para todos os imigrantes que se encontrem ilegalmente no país.

Não foi tudo: durante o evento, o candidato democrata não se coibiu de passar 'Despacito' no seu telemóvel, antes do seu discurso, e já depois de ter sido apresentado por Luis Fonsi, um dos autores do êxito.

"Se eu tivesse o talento destas pessoas, seria eleito presidente por aclamação", afirmou.

Um vídeo de Biden a mover a cabeça ao som da música já corre nas redes sociais, e o seu principal adversário, Donald Trump, já reagiu, partilhando um vídeo em que o candidato democrata parece passar, em vez de 'Despacito', o clássico 'Fuck the Police', dos N.W.A.