Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Opinião

  • A música do mundo bizarro

    Luís Guerra

    “A pop fez-se rock, o rock fez-se arte”. Entre o final dos anos 60 e o início dos 70, na galopante evolução da música popular, o negócio já não era o de enfeitiçar adolescentes. Bem-vindos à música esquisita e desafiante dos Soft Machine, Dantalian's Chariot, The Liverpool Scene, The Crazy World of Arthur Brown, Comus e muitos outros 'feiticeiros'

  • Julia, Rose e Meg

    Luís Guerra

    A primeira vem das Chastity Belt, a segunda fez parte das Pipettes, a terceira foi a ‘rapariga-maravilha’ de Kevin Morby. Três discos de arejada nostalgia ‘indie’

  • O luxo não se lixa

    Luís Guerra

    Pouca gente terá reparado, mas um dos discos mais surpreendentes do ano vem de uma 'família' magra e macilenta da cidade inglesa de Sheffield

  • Keith Haring: nas garagens do paraíso

    Luís Guerra

    O 'street artist' mais reconhecido na América dos anos 80 morreu em 1990 ao cabo de apenas 31 anos no planeta. A sua ligação à música foi incontornável

  • Brilhai, diamantes loucos

    Luís Guerra

    Há belíssimas pérolas de pop/rock psicadélico na segunda metade dos anos 80 em terras britânicas. Quando os floreados indie desembocaram em Madchester e no shoegaze, quando o revivalismo Mod e a cena C86 se cristalizaram na eletricidade mais sonhadora. Música incrível que vale a pena trazer outra vez para a frente

  • Fresquinhas do mercado

    David Serras Pereira

    Novidades da indústria musical: o crescimento da Amazon, as startups do ano e os limites dos contratos na música

  • O grande golpe dos Big Thief

    Lia Pereira

    É estranho – e maravilhoso – o terceiro álbum de Adrianne Lenker e companhia, que acabam de lançar “U.F.O.F.”