Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Vídeos

Miguel Angelo: “O meu primeiro cheque foi de 42 contos. Deu-me para três meses de copos, jantar fora, comprar calças. Estoirei tudo” [VÍDEO]

Em entrevista à BLITZ, Miguel Angelo recorda o primeiro grande cheque que recebeu, em 1987, na “primeira tournée a sério” dos Delfins

Rita Carmo

Rita Carmo

Fotojornalista

Com um álbum a solo, "Nova (Pop)", lançado no final de 2019 e o anúncio do regresso dos Delfins aos palcos bem fresco, Miguel Angelo falou com a BLITZ sobre um percurso de 35 anos no pop/rock em Portugal.

Quando questionado pelo primeiro grande pagamento que recebeu, o músico recorda “a primeira tournée a sério” dos Delfins, em 1987. “Eram 42 contos por aqueles espetáculos todos. Recebi aquilo em julho, e em julho, agosto e setembro deu-me todos os dias para copos, jantar fora, comprar discos, comprar calças. Estoirei tudo”. Para ver no vídeo no cimo desta página.

Miguel Angelo foi também o convidado da quarta edição do Posto Emissor, o podcast da BLITZ. Com o álbum "Nova (Pop)" ainda bem fresco e celebrações com os Delfins na agenda, o músico esteve à conversa com os jornalistas Luís Guerra e Lia Pereira sobre uma carreira que atravessou quatro décadas, o sucesso estrondoso dos Delfins nos anos 90 (e subsequente sobreexposição da sua imagem), a faceta de melómano e a atenção que continua a prestar ao que é novo.