Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Vídeos

José Cid: “O Jay-Z não percebeu o que estava a fazer. Mas tem piada pelos direitos de autor que eu e o Tozé Brito estamos a receber” [VÍDEO]

Em entrevista à BLITZ, que pode ler integralmente na revista especial Melhores de 2019, José Cid comenta a utilização por parte de Jay-Z de 'Todo o Mundo e Ninguém', canção do Quarteto 1111 com letra de Gil Vicente. “É uma espécie de vírus no meio do '4:44'”

Rita Carmo

Rita Carmo

Fotojornalista

77 anos de vida, mais de 50 dedicados à música, dono de um percurso que este ano se viu premiado com um Grammy Latino por Excelência Musical, honra rara na música portuguesa.

Na revista especial BLITZ Melhores de 2019 falámos com José Cid, homem eternamente sem filtro, que continua a ansiar pelo próximo disco e pelo próximo concerto. E que manda recados sem olhar a quem.

O veterano comenta a utilização de 'Todo o Mundo e Ninguém', canção de 1970 do Quarteto 1111, por parte de Jay-Z no tema 'Marcy Me', incluído no álbum "4:44": "É uma espécie de um vírus que está no meio do '4:44', a que o Tozé Brito e eu achámos piada, mais piada ainda pelos direitos de autor que estamos a receber. Mas o Jay-Z não percebeu o que é que estava a fazer". Para ver no vídeo no cimo desta página.

BLITZ Especial - Melhores de 2019

BLITZ Especial - Melhores de 2019

José Cid é um dos destaques da revista BLITZ especial que se encontra nas bancas, um completo anuário em papel. Os acontecimentos, as figuras, os fenómenos e as revelações. Os 100 melhores álbuns do ano, as reedições mais importantes e os concertos que marcaram os últimos 12 meses em Portugal. Entrevistas, artigos de fundo e a vénia aos que partiram. Nas bancas de todo o país, ao preço de €4,90.

Clique aqui para adquirir a revista BLITZ Especial Melhores de 2019, através da Loja Impresa, e recebê-la comodamente em casa.