Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Vídeos

Adriana Calcanhotto: “As pessoas só se começaram a assustar quando se deram conta que estavam a comer micro-plástico no peixe” [VÍDEO]

Com disco novo nas lojas, a artista brasileira falou à BLITZ sobre o que inspirou “Margem”, terceiro tomo da sua trilogia dedicada ao mar

Lia Pereira (entrevista), José Pinto (vídeo)

Em entrevista à BLITZ, Adriana Calcanhotto, que acaba de lançar um novo álbum, falou sobre a inspiração do mesmo e a trilogia marítima que, com a chegada de “Margem”, fica completa.

“No primeiro disco da trilogia”, diz, referindo-se a “Maritmo”, de 1998, “a preocupação já eram os barcos de caça japoneses que se camuflavam de barcos de pesquisa. Nessa época, não era ainda uma preocupação o facto de os humanos estarem a comer o plástico que eles mesmos deitam, que nós deitamos ao mar, como se o mar fosse um grande lixão [uma lixeira]”.

Veja no vídeo acima a resposta completa de Adriana Calcanhotto, que no final do ano dá dois concertos em Portugal: a 16 de novembro toca no Tivoli, em Lisboa, e a 19 do mesmo mês na Casa da Música, no Porto.