Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Vídeos

The Gift: “Quando se tem uma voz como a minha só dá vontade de gritar. Os registos mais íntimos são-me mais difíceis de interpretar” [VÍDEO]

A banda de Alcobaça está na estrada a promover o novo álbum, “Verão”, e a BLITZ esteve à conversa com Sónia Tavares e Nuno Gonçalves

Rita Carmo

Rita Carmo

Fotojornalista

Os Gift editaram recentemente o álbum "Verão" e a BLITZ esteve à conversa com Sónia Tavares e Nuno Gonçalves sobre as novas canções, mas também sobre um percurso de 25 anos. Entre outros assuntos, a vocalista falou sobre a forma como tem vindo a trabalhar a sua voz de álbum para álbum: "Quando se tem uma voz como a minha, só dá vontade de gritar, porque é o que sei fazer, naturalmente, melhor. Os registos mais íntimos e mais doces e até os registos mais divertidos e mais pop são-me mais difíceis de interpretar". Veja o vídeo no topo da página.

A banda falou também com a BLITZ sobre o espetáculo de 9 de junho de 1999 na Aula Magna, em Lisboa, sala aonde regressaram na semana passada. "Para muitos, o concerto que demos na Aula Magna há 20 anos foi um ponto de partida. Para nós, foi um ponto de viragem", defendem (siga o link para ver o vídeo). "Verão" saiu recentemente para as lojas e a digressão "Primavera/Verão", que serve também como celebração de 25 anos, passa este domingo pela Casa da Música, no Porto (12 de maio), seguindo depois para o Teatro Académico de Gil Vicente, em Coimbra (17 de maio).