Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Vídeos

Manel Cruz: “Quando os Ornatos acabaram, senti que era um crime o que estava a fazer” [VÍDEO]

Em entrevista à BLITZ, Manel Cruz fala sobre os sentimentos contraditórios que o assolaram após o final dos Ornatos Violeta, em 2002

Lia Pereira

Lia Pereira

Jornalista

Com disco nas lojas a 5 de abril, Manel Cruz falou à BLITZ no Porto, dando uma entrevista que poderá ler na íntegra muito em breve.

Abordando a “depressão criativa” que o assolou a partir de 2012, o músico falou também dos sentimentos contraditórios que o final dos Ornatos Violeta, em 2002, lhe causou.

Lembro-me que, quando os Ornatos acabaram, a maneira como eu senti aquilo… era um crime o que eu estava a fazer! Deitar fora uma coisa que nos garantia um futuro”, afirma.

Veja a resposta completa de Manel Cruz acima.

“Vida Nova” chega a 5 de abril às lojas e aos serviços de streaming. A 28 desse mês, há concerto na Casa da Música, no Porto, e a 1 de maio Manel Cruz e a sua banda estarão no Capitólio, em Lisboa.