Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Vídeos

Márcia: “A rouquidão de ‘Agora’ existe porque gravei e fui ao Festival da Canção com uma hemorragia vocal. Não foi agradável” [VÍDEO]

Incluída em “Vai e Vem”, o novo álbum, 'Agora' foi a canção com que a artista participou na edição de 2017 do Festival da Canção. Em entrevista à BLITZ, Márcia recorda a experiência

Rita Carmo

Rita Carmo

Fotojornalista

A canção que Márcia levou ao Festival da Canção de 2017, 'Agora', está incluída no alinhamento do novo álbum, "Vai e Vem", que chegou recentemente às lojas e plataformas de streaming. Em entrevista à BLITZ, a artista recordou a experiência e revelou que a rouquidão da sua voz naquele tema se deveu a uma hemorragia vocal. "Essa rouquidão existia mesmo porque gravei com a tal hemorragia vocal... E fui ao festival com essa hemorragia vocal, por isso não foi uma coisa muito agradável", confessa Márcia, que participou no festival no dia do seu aniversário. Veja o vídeo acima.

Sobre a importância que as redes sociais têm vindo a ganhar na vida e percurso profissional dos artistas, a artista disse também: "não vou prescindir de viver o que tenho de viver para investir na minha imagens nas redes sociais. Parece-me bastante claro". Durante a conversa com a BLITZ, Márcia falou também sobre o facto de ter criado uma relação mais próxima com a guitarra elétrica e de isso se sentir em "Vai e Vem", muito por "culpa" de um dos co-produtores, Kid Gomez.

"Vai e Vem" conta com duetos com António Zambujo, Salvador Sobral e Samuel Úria e vai ser apresentado ao público lisboeta com um concerto no Cineteatro Capitólio no dia 30 de novembro. O espetáculo tem início às 21h30 e os bilhetes estão à venda, nos locais habituais, pelo preço único de €18,00.