Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Silence 4 anunciam dois concertos

Antiga banda de David Fonseca está de volta. Banda irá ajudar a Liga Portuguesa contra o Cancro, depois de a cantora Sofia Lisboa ter vencido a doença.

Os Silence 4 tocam no Multiusos de Guimarães a 29 de março e na Meo Arena, em Lisboa, a 5 de abril.

A estas datas deverão ser anunciados mais concertos. Os bilhetes estão à venda na próxima quarta-feira e custam  entre 23 euros e 31 euros.

A ideia de reunir os Silence 4 surgiu da vocalista Sofia Lisboa, que recentemente venceu a luta contra o cancro (leucemia); a banda irá homenagear e ajudar a Liga Portuguesa contra o Cancro através da entrega de 1 euro por bilhete àquela instituição.

Autores de um dos discos mais vendidos de sempre na história da música portuguesa - Silence Becomes It, de 1998 - os músicos de Leiria separar-se-iam em 2001, dedicando-se a outros projetos. "Foi a partir do sucesso vivido por Sofia Lisboa na luta contra o cancro, que a ideia de voltar a juntar os Silence 4 vingou - a celebração da vida através da música e um forte desejo de agradecer publicamente a todos quantos a ajudaram a ultrapassar a doença personificado na parceria com a Liga Portuguesa Contra o Cancro, entidade com a qual os Silence 4 colaborarão nesta reunião", pode ler-se no comunicado. Leia ainda as palavras de Sofia Lisboa sobre a situação que viveu e ultrapassou: "Ao ouvir um diagnóstico de leucemia, entramos num mundo suspenso entre a Vida e a morte. E de repente a nossa vida depende de médicos, enfermeiros, auxiliares e voluntários. Agarramo-nos à vida e sobrevivemos com a ajuda imprescindível da família e dos amigos. Convidar o David, o Tó Zé e o Rui para este reencontro é celebrar a vida, contribuir com gratidão para esta causa e cumprir a promessa silenciosa que fiz aos meus companheiros de luta. Hoje tenho um sonho. Com este reencontro ajudamos a LPCC mas queremos relembrar que ajudar também é gratuito. Dar sangue e medula é muito mais que ajudar, é dar Vida e isso não tem preço".