Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Confirmado: Rihanna espancada pelo namorado

Fontes policiais confirmaram o sucedido. Casal faltou à cerimónia dos Grammy e Chris Brown esteve detido durante algumas horas.

Afinal foi mesmo Rihanna. Surgiram ontem na imprensa notícias de que Chris Brown, namorado da cantora dos Barbados, tinha sido detido no domingo por alegadas agressões a uma mulher. Apesar de não avançada a identidade da mulher supunha-se que fosse Rihanna, mas só agora a polícia confirmou.

Segundo o jornal LA Times, as agressões aconteceram no domingo de manhã: a polícia foi chamada aos arredores de um parque de Los Angeles onde encontrou a vítima de agressão num veículo estacionado (Brown já não estava no local). Rihanna tinha "feridas visíveis na face, incluindo sangue no nariz e marcas de dentadas nos braços", cita o Guardian.

O músico de 19 anos foi detido pela polícia após ter sido identificado como agressor mas saiu prontamente em liberdade depois de ter pago uma fiança de 50 mil dólares. O julgamento para responder a acusações de "agressão com arma mortífera" está marcado para o dia 5 de Março - apesar de não ter sido encontrada uma arma no local do crime, as acusações podem estar ligadas ao facto de Brown ser praticante de artes marciais, diz o Guardian.

O casal foi fotografado numa festa na noite anterior ao sucedido, onde várias testemunhas garantem ter assistido a uma acalorada discussão. Os assessores de imprensa de Rihanna não confirmaram o sucedido mas garantem que a cantora se encontra bem. Brown, por seu lado, já contratou o advogado que defendeu Michael Jackson das acusações de pedofilia.

Nem Chris Brown nem Rihanna compareceram à entrega dos prémios Grammy. O músico, que devia ter actuado na cerimónia, foi substituído no alinhamento do espectáculo pelo veterano Al Green e também já sofre outro tipo de consequências: um dos seus patrocinadores, uma marca de pastilhas elásticas, suspendeu o patrocínio por estar preocupado com as graves acusações de que ele está a ser alvo.