Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Cliff Richard recusa homenagem em Albufeira

Cantor britânico preferiu não aceitar a "chave de ouro" da cidade algarvia no seguimento da acusação de abuso de menores.

Cliff Richard recusou ser homenageado com a "chave de ouro" da cidade de Albufeira, no Algarve, onde tem uma casa, no seguimento da acusação de abuso de um menor na década de 80 de que é alvo. Segundo o jornal britânico The Telegraph, o músico britânico deveria ter recebido a distinção ontem mas não compareceu à cerimónia. 

O presidente da câmara de Albufeira, Carlos Silva e Sousa, comentou a atitude de Richard da seguinte forma: "o Cliff foi convidado a receber a chave de ouro da cidade porque é um distinto membro de Albufeira. É uma grande honra. Estamos a reconhecer grandes políticos e figuras da sociedade civil. Não está cá hoje por escolha pessoal.   

"Não muda a minha opinião acerca dele", acrescentou o autarca, "temos muito orgulho nele, é um grande homem. É um homem muito bom e mantemos essa opinião... Espero vir a entregar-lhe o prémio a dada altura. Esta é a cidade dele".

O cantor econtra-se em Portugal neste momento e já por cá estava quando a sua casa num condomínio de luxo em Berkshire, no sul de Inglaterrea, foi revistada pela polícia no início desta semana, na sequência das acusações de que é alvo por parte de um homem que diz ter sido abusado por ele quando tinha menos de 16 anos, em 1985, durante um evento religioso. 

Richard nega veementemente a acusação, tendo dito num comunicado: "estou ciente, há vários meses, de que circulavam na internet acusações de conduta imprópria, referentes ao passado. São completamente falsas".

No seguimento das acusações, o cantor cancelou também a sua participação num evento de beneficência que se realizará na catedral de Canterbury a 26 de setembro. Um porta-voz de Richard diz que o artista não quer prejudicar o evento com a sua presença e que pede desculpa por "qualquer deceção ou inconveniência causada".

Foto: Getty Images