Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Carolina Deslandes

Carolina Deslandes: “Esta série é um tratado. Vão ver. E não tenham medo de falar”

“Normalizaram homens que são violentos porque ‘amam muito’. Enquanto uma sofre, sofremos todas”. Os elogios de Carolina Deslandes a uma das séries mais contundentes da Netflix

Carolina Deslandes dedicou uma publicação elogiosa no Instagram à série "Criada" ("Maid", no original), da Netflix. "Quem ainda não viu, faça o favor de ir a correr. O 'Maid' fala de tanta coisa que é ingrato escrever sobre ele", começa por dizer a artista, "é um tratado. É mesmo. Vão ver".

"Fala sobre ser mãe. Sobre a força que cresce dos lugares mais vazios e ergue cidades. Fala de sacrifício, fala de adição. Fala de família e da falta dela. Fala de mães que são filhas e de filhas que são mães e de pais que são fantasmas", acrescenta Deslandes, "e fala sobre violência. Não vão ver uma protagonista de olho roxo e lábio aberto. Vão ver uma protagonista manipulada, abandonada, verbalmente abusada, a temer pela sua segurança e da sua filha".

Falando do Dia Internacional pela Eliminação da Violência contra as Mulheres, que se assinala esta quinta-feira, 25 de novembro, Deslandes diz ainda: "se a violência física já é difícil de provar em tribunal, a violência psicológica é uma prova de fogo. Porque fomos habituados a pensar que enquanto alguém não leva na cara não está a ser violentado, porque normalizaram homens que fazem m**da e são violentos porque 'amam muito' e é 'o jeito deles'. Porque nascemos mulheres e pedimos desculpa por tudo, até pelo nosso sofrimento".

A publicação termina com um conselho: "Não tenham medo de falar. Peçam ajuda. E não tenham medo também de denunciar, podem estar a salvar uma vida. Ou várias. Enquanto uma sofre, sofremos todas".

Instagram