Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Adele

DR

Adele terá abandonado entrevista após o jornalista confessar não ter ouvido o seu álbum novo

Numa entrevista para um canal australiano de televisão, Adele perguntou ao jornalista qual a sua opinião sobre o álbum que acaba de editar, “30”. Ao saber que o entrevistador não o tinha ouvido, a cantora terá, segundo algumas fontes, abandonado a conversa. O certo é que a editora de Adele proíbe agora o canal televisivo de transmitir a entrevista

Adele terá abandonado a entrevista que estava a dar a um jornalista australiano, depois de o repórter confessar não ter ouvido "30", o novo álbum da cantora britânica.

Matt Doran, que trabalha para o programa da manhã do Channel Seven, viajou da Austrália até Londres, Inglaterra, para falar com Adele. Esta entrevista seria a única da voz de 'Easy On Me' para a televisão australiana e faria parte de um acordo no valor de um milhão de dólares (quase 900 mil euros), que incluía também os direitos de transmissão do programa especial One Night Only, com Adele.

Durante a entrevista, o jornalista não fez qualquer pergunta sobre o disco novo e, quando questionado por Adele sobre a sua opinião sobre o mesmo, confessou que não o escutara. Segundo algumas fontes, a artista abandonou a entrevista; outros garantem que a conversa já tinha chegado ao final quando Matt Doran admitiu não ter ouvido "30".

Agora, o australiano explicou que não viu o mail, presumivelmente enviado pela editora, com um link para ouvir o álbum. "Nunca perdi um mail tão importante", disse. "Foi um lapso, mas não fiz de propósito." "A Adele não abandonou a entrevista. Pelo contrário: a entrevista devia ter durado 20 minutos e durou 29 minutos", garante ainda Matt Doran, que desmente também ter sido suspenso pelo Channel Seven após o incidente. Certo é que, depois do sucedido, a editora da artista, a Sony Music, proibiu a estação televisiva australiana de transmitir a entrevista.