Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Getty Images

Sophia Urista, vocalista dos Brass Against, pode passar até um ano na prisão devido a incidente bizarro em concerto

A artista foi protagonista de um dos mais invulgares episódios registados em concertos dos últimos anos

A vocalista dos Brass Against pode vir a ser condenada a uma pena de prisão de até um ano, após o incidente ocorrido no festival Welcome to Rockville, na Flórida (EUA), no passado fim de semana.

Segundo o jornal "Daytona Beach News", a polícia local recebeu uma queixa relacionada com o incidente. Foi aberto um processo e as autoridades encontram-se, agora, a investigar o caso.

Caso se prove que Urista cometeu um crime público, a cantora poderá vir a ser condenada ao pagamento de mil dólares de multa e até um ano de prisão.

No estado da Flórida, é ilegal "exibir os genitais em público, na propriedade privada de um indivíduo ou perto dessa propriedade, de forma vulgar ou indecente".