Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Taylor Swift

Twitter Taylor Swift

Taylor Swift lançou uma nova versão do celebrado álbum “Red”, de 2012. Saiba porquê e o que pode encontrar na “Taylor's Version”

“Agora começamos de novo”. Taylor Swift lançou esta madrugada uma nova versão do álbum “Red” com mais de duas horas de duração

Rita Coelho

Rita Coelho

Jornalista

Taylor Swift lançou esta madrugada uma nova versão do álbum “Red”, lançado originalmente em 2012. É a resposta de Taylor Swift ao produtor Scooter Braun que comprou os 'masters' (isto é, as gravações originais) dos primeiros 6 álbuns da artista em 2019. Este é já o segundo disco regravado pela artista para recuperar os direitos do seu trabalho. O primeiro, “Fearless (Taylor’s Version)”, foi lançado em abril.

Com a duração de mais de duas horas, "Taylor's Version" conta com a regravação do álbum original, a par de material inédito proveniente das sessões de gravação, perfazendo-se um total de 30 temas.

Esta nova versão do disco conta com convidados que já tinham feito parte da versão original, como Gary Lightbody, a voz dos Snow Patrol, e Ed Sheeran, que também surge agora numa nova canção intitulada “Run”."Red (Taylor's Version)" tem ainda a participação de Phoebe Bridgers e de Chris Stapleton em temas nunca antes ouvidos.

'All Too Well', uma das 'favoritas dos fãs', tem agora 10 minutos, e conhecerá um vídeo em formato curta-metragem com os atores Dylan O’Brien e Sadie Sink (de "Stranger Things") nos papéis principais, com estreia esta sexta-feira.

Swift promoverá o álbum em vários programas da televisão norte-americana, do “The Tonight Show com Jimmy Fallon” a “Late Night with Seth Meyers”. Será ainda a convidada musical do “Saturday Night Live” este sábado.