Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Festival Astroworld. Travis Scott parou o concerto tarde demais, diz o comandante dos bombeiros de Houston

“Toda a gente no evento tem uma responsabilidade. A do artista era o comando da multidão”, afirma Samuel Peña, abordando a tragédia do Astroworld

O chefe do corpo de bombeiros de Houston, Samuel Peña, afirmou em entrevista ao canal "NBC" que Travis Scott terminou o seu concerto tarde demais, no festival Astroworld.

Segundo Peña, a multidão terá corrido na direção do palco assim que o concerto do rapper começou, de forma a estar o mais perto dele possível. O posicionamento das grades de segurança presentes no recinto levou a que parte da multidão ficasse demasiado comprimida.

"Ele devia ter parado o concerto mais cedo. Toda a gente no evento tem uma responsabilidade. A do artista era o comando da multidão", disse.

"Na minha opinião, se o artista nota que algo está errado, pode pausar o espetáculo, ligar as luzes e dizer que não continuará até que o problema seja resolvido", continuou.

No entanto, de acordo com o chefe do corpo de bombeiros, ainda não existem provas de que Scott tenha encorajado o público a ter comportamentos perigosos. "Não poderei dizer que ele tinha pleno conhecimento daquilo que se estava a passar", afirmou.