Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Getty Images

“Ninguém tem nada a ver” se Marilyn Manson se converteu ao cristianismo

Porta-voz de Marilyn Manson vem defender a recente proximidade do autor de “Antichrist Superstar” com Kanye West e o universo cristão

Acusado de vários crimes de abuso sexual, Marilyn Manson voltou a dar que falar, esta semana, após se ter juntado a Kanye West e Justin Bieber numa das missas dominicais do autor de "Donda".

Os fãs de Justin Bieber deixaram posteriormente duras críticas ao cantor, por se associar com Manson, mas um porta-voz afirmou à "People" que Bieber não sabia que Manson iria estar presente na missa.

Um porta-voz de Marilyn Manson foi questionado também pela "People", sobre uma hipotética conversão do autor de "Antichrist Superstar" ao cristianismo. "Ninguém tem nada a ver com isso", afirmou.

"Ao longo da sua carreira, Marilyn Manson tem colaborado com artistas lendários e inovadores, de todos os géneros musicais, e o Ye não é exceção", continuou o porta-voz.

Pelo menos uma das mulheres que acusam Manson de maus-tratos e abusos já comentou o caso: para Ashley Morgan, ver o músico ao lado de Bieber e Kanye foi "traumatizante".