Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

2021, a odisseia dos ABBA. Chegou “Voyage” e já o ouvimos

40 anos após o último álbum, um dos maiores fenómenos pop de sempre está de volta com “Voyage”. Mais do que um disco, a prova de que, no século XXI, o passado já não existe

Lia Pereira

Lia Pereira

Jornalista

Em 1982, ano da última atuação de Agnetha Fältskog, Björn Ulvaeus, Benny Andersson e Anni-Frid Lyngstad (Frida) enquanto ABBA, o mundo era um lugar muito diferente — e a cultura pop também. Uma das mudanças que as últimas décadas introduziram na indústria do entretenimento, curiosamente, é a possibilidade de qualquer artista voltar aos palcos. Já nem o facto de estar vivo é requisito obrigatório, como prova o florescer de digressões com hologramas no lugar de artistas já desaparecidos. Em 2021, mais do que sangue na guelra, os elementos essenciais para se voltar à ribalta serão: um bom catálogo de canções, carisma para dar e vender e uma história para contar.

Artigo Exclusivo para assinantes

Aproveite já a campanha Black Friday

Já é assinante?
Comprou o Expresso? Insira o código presente na Revista E para continuar a ler