Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

DR

Aconteceu no Canadá: grupo de pais quer despedir diretora da escola por esta ser fã dos Iron Maiden

Sharon Burns expressou, nas redes sociais, o seu amor pelos Iron Maiden. Um grupo de pais cristãos ficou chocado com tais "práticas satânicas"

Um grupo de pais de St. Catherines, no estado canadiano do Ontário, criou uma petição com vista à remoção da diretora de uma escola local.

Em causa estão os "símbolos satânicos" e "práticas satânicas" que Sharon Burns partilhou nas redes sociais, nomeadamente fotografias que ilustram o seu amor pelos Iron Maiden.

A petição já foi assinada por mais de 500 pessoas. "A nossa escola tem por base a inclusão, e mostrar abertamente símbolos satânicos numa rede social vai contra os princípios da vasta maioria das famílias que representam a escola", pode ler-se.

Após a história se ter tornado viral, estes pais acrescentaram que o problema não é o amor de Sharon Burns pelos Iron Maiden, mas sim a iconografia "satânica" adotada pelo grupo. E uma outra petição, intitulada "Precisamos da Sra. Burns", foi entretanto criada - e assinada por 12 mil pessoas.

"É ridículo ver que uns poucos pais julgam o seu papel como diretora com base numa publicação do Instagram", pode ler-se. "Esta é uma escola pública, e não uma escola cristã. Se não gostam da diretora, metam as vossas crianças noutra escola".