Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Facebook Miguel Araújo

Em 1999, Miguel Araújo perdeu uma carteira com todos os documentos. Apareceu agora, na boca de um cão, 22 anos depois

Parece ficção, mas aconteceu mesmo. Há apenas 8 dias, um cão encontrou uma carteira com vários documentos que Miguel Araújo tinha perdido no século passado. A dona do expedito canídeo devolveu-a na morada que constava num dos documentos, a casa dos pais do músico do Porto. De 1999 para 2021

Miguel Araújo partilhou uma história que parece retirada um filme de ficção: um cão encontrou uma carteira que o músico tinha perdido há mais de duas décadas e o dono do animal foi devolvê-la à morada que encontrou num dos cartões que se encontravam no interior.

"Faz hoje 8 dias que uma simpática cidadã tocou à campainha de casa dos meus pais para devolver uma carteira que apareceu na boca do cão", escreve Araújo nas redes sociais, "eu tinha perdido essa carteira em 1999. No século passado".

Segundo o músico, os cartões que se encontravam na carteira, "um deles em papel, em cartão, escrito a esferográfica", estavam em bom estado, "como se fosse ontem". Além do cartão internacional de estudante internacional, estava guardado na carteira um cartão da Pensão Luanda, em Tomar.

"É, há coisas que se evaporam. Esta carteira desevaporou, cristalizada no tempo, 22 anos depois", conclui, "como é que é possível? Por onde terá andado a carteira?".

Instagram