Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Doctor Pheabes

Donos de clínica acusada de ocultar mortes por covid-19 estavam no cartaz do Rock in Rio-Lisboa 2020

Fernando e Eduardo Parrillo, da banda brasileira Doctor Pheabes, estão envolvidos em polémica por serem diretores de uma clínica que fez testes em seres humanos com medicação ineficaz para a covid-19. O grupo chegou a estar confirmado no cartaz do Rock in Rio-Lisboa 2020, que veio a ser cancelado devido à pandemia

Os irmãos Fernando e Eduardo Parrillo, da banda brasileira Doctor Pheabes, estão envoltos em polémica por serem donos de uma empresa hospitalar chamada Prevent Senior que está a ser acusada de ocultar mortes por covid-19.

A banda, que assegurou primeiras partes de concertos dos Guns N' Roses e Rolling Stones no Brasil, chegou a estar confirmada no cartaz de 2020 do Rock in Rio-Lisboa, mas não atuou em terras portuguesas porque o festival não se realizou devido à pandemia.

Sendo a revista Veja, os Doctor Pheabes tocaram em praticamente todos os grandes festivais de rock brasileiros, entre 2014 e 2018, porque a Prevent Senior patrocinava e assegurava o apoio médico nos eventos.

A empresa dos irmãos Parrillo, que chegou a ser elogiada em público pelo presidente brasileiro Jair Bolsonaro, está agora a ser denunciada por médicos que nela trabalharam.

Entre aos alegações feitas pelos profissionais de saúde, estão, segundo a BBC News Brasil, a ocultação de mortes por covid-19 e a utilização dos hospitais para testes com medicamentos como a hidroxicloroquina, comprovadamente ineficazes contra a doença, em seres humanos. A Prevent Senior nega as acusações.