Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Getty Images

Diplo reage a acusações de má conduta sexual: “Não sou esta pessoa e recuso-me a ser extorquido”

A ser investigado por alegados crimes sexuais, Diplo defende-se de uma mulher que diz ser sua 'stalker': "As pessoas da minha vida sabem quem eu sou"

Diplo reagiu às acusações de má conduta sexual de que tem sido alvo há cerca de um ano, por parte de uma mulher não identificada.

Após o procurador da cidade de Los Angeles ter admitido que o DJ e produtor poderia vir a ser formalmente acusado, Diplo defendeu-se através do Instagram.

Recorde-se que o músico é acusado de distribuir a chamada "pornografia de vingança", e de transmitir, de forma intencional, uma doença sexualmente transmissível.

"O meu objetivo era o de nunca responder a uma stalker", escreveu. "Após eu ter cortado todo o meu contato com ela, parece que o seu único propósito na vida tem sido o de perturbar o meu trabalho, e os meus negócios, e de assediar os meus amigos e a minha família".

Diplo admite ter mantido relações sexuais com a mulher em questão, mas garante que "ela não era menor de idade" quando tal aconteceu.

O músico partilhou ainda várias mensagens que lhe foram enviadas pela mulher em questão, que contêm teor considerado racista e que Diplo diz contradizerem as suas alegações.

"Isto é frustrante e embaraçoso. Não sou esta pessoa e recuso-me a ser extorquido, apesar do que diga a imprensa. Nenhum dos meus amigos ou sócios alguma vez duvidou de mim, e isso é que é importante. As pessoas da minha vida sabem quem eu sou", rematou.

Veja o post de Diplo, na íntegra:

Instagram