Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

JP Simões

Rita Carmo

JP Simões: "Identifico-me mais com o centrão da esquerda, mas há pessoas honestas e bem intencionadas dos dois lados"

"Ultimamente o 'centrão', ou seja, a esquerda e a direita, são o mesmo esquema burocrático e financeiro, que funciona de acordo com imposições exteriores. A diferença é a esquerda ter um discurso mais apaziguador e menos catastrófico, menos moralista", considera JP Simões. Para ouvir no Posto Emissor

JP Simões, que recentemente passou pelo Posto Emissor, podcast semanal da BLITZ, para falar sobre o seu novo disco enquanto Bloom, "Drafty Moon", teceu também alguns comentários de teor político.

"Ultimamente o 'centrão', ou seja, a esquerda e a direita, são basicamente o mesmo esquema burocrático e financeiro, que funciona de acordo com imposições exteriores. A diferença é a esquerda ter um discurso mais apaziguador e menos catastrófico, menos moralista. Nesse sentido identifico-me mais com o centrão da esquerda, mas há pessoas honestas e bem intencionadas dos dois lados", considera.

Pode ouvir a resposta pelos 28m 10s.