Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

De Paul McCartney a Billie Eilish. As canções nada secretas de 007

Ao chegar o 25º filme da série oficial, as canções e o clássico tema de James Bond surgem em nova antologia que junta nomes como Shirley Bassey, Paul McCartney, Duran Duran, Tina Turner, Madonna ou Billie Eilish

Nuno Galopim

Nuno Galopim

Jornalista

James Bond já tinha enfrentado quase tudo. Nascido nos anos 50 nas páginas dos livros de Ian Fleming, com vida no cinema desde 1962, o agente secreto 007 já tinha passado por conspirações internacionais, enfrentado líderes de grandes associações criminosas e grupos terroristas. Mas nunca uma pandemia. E “007 — Sem Tempo Para Morrer” acabou por sofrer uma sucessão de adiamentos que nem o MI6 imaginaria. De abril de 2020 passou para novembro desse ano, acabando só agora por estrear. E uma das consequências destes adiamentos foi a diluição do impacto da canção-tema do filme. Habitualmente lançada em tempo de contagem decrescente para a chegada do filme, a canção do 25º título da série oficial James Bond foi apanhada de surpresa pela evolução dos acontecimentos no mundo real. Cantada por Billie Eilish, confirmando uma vez mais a ligação dos filmes do agente 007 a nomes da música em voga, ‘No Time to Die’ foi revelada em fevereiro de 2020, ou seja, a dois meses da data prevista para a estreia nos ecrãs. E se agora, 20 meses depois, está longe de ser uma novidade, merece o seu lugar numa nova compilação que reúne as canções que fizeram história nos 25 filmes do agente 007 (e vale a pena notar aqui que a comédia “Casino Royale”, de 1967, e “Nunca Mais Digas Nunca”, de 1983, com Sean Connery como protagonista, surgiram fora da história oficial de James Bond no cinema).

Este é um artigo do semanário Expresso. Clique AQUI para continuar a ler.