Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Toy

Facebook Toy

Toy leva Chega a tribunal

Alegando uso indevido de uma canção sua, Toy processa o partido liderado por André Ventura

Toy processou o partido político Chega, liderado por André Ventura, alegando uso abusivo e não autorizado de canções suas, particularmente de 'Coração Não Tem Idade (Vou Beijar)', na campanha eleitoral das autárquicas.

O músico defende que não lhe foi feito qualquer pedido de utilização da canção, cuja letra foi inclusivamente alterada, e deu entrada em tribunal com uma queixa contra o partido.

"Falei com a Sociedade Portuguesa de Autores e eles também não receberam qualquer pedido por parte do Chega", disse Toy em declarações ao Correio da Manhã.

Confessando que não se identifica com as ideias do partido político de André Ventura, o músico diz que não quer ser "associado a ele". O líder do Chega respondeu, também ao Correio da Manhã, que a responsabilidade é de "operadores externos".

"Se houver responsabilidades para apurar, que sejam apuradas. Mas já é hora de acabar com esta cultura de pseudoesquerda elitista em Portugal", conclui Ventura.