Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Britney Spears e o pai, Jamie Spears

Chris Farina/Getty Images

“É um alcoólico e viciado no jogo sem qualquer historial financeiro”. Advogado de Britney Spears não poupa o pai da artista

Jamie Spears rejeitou, em tribunal, a nomeação de um tutor temporário para Britney Spears. O advogado da artista não o poupou

O advogado de Britney Spears lançou um forte ataque ao pai da cantora, Jamie, que na passada terça-feira se opôs em tribunal à nomeação de um tutor substituto, assim que abandone o seu posto.

Para os advogados de Jamie Spears, "não há necessidade de nomear um tutor substituto, porque não existe qualquer vaga para tutor" de Britney. "Todas as partes envolvidas consentiram em acabar com a tutoria. Se o tribunal concordar com esse desfecho, a nomeação de um tutor temporário não tem qualquer relevância".

Para essa posição havia sido indicado o nome de John Zabel, contabilista público que os advogados de Jamie dizem "não ter o perfil e experiência necessárias para dirigir bens avaliados em aproximadamente 60 milhões de dólares". Os advogados alegam ainda que Zabel terá investido 1 milhão de dólares num esquema fraudulento, em 2007.

Mathew S. Rosengart, representante de Britney Spears, já reagiu dizendo que John Zabel "tem um percurso notável em posições de confiança", "ao contrário do Sr. Spears, um alcoólico e viciado no jogo sem qualquer historial financeiro".

Segundo este advogado, o pai de Britney não pretende mais do que "fugir à justiça, e fará ou dirá qualquer coisa para não sofrer quaisquer consequências".