Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Donald Trump

Getty Images

Donald Trump tinha funcionário para tocar a música que o acalmava

O "Music Man" do antigo Presidente dos Estados Unidos tocava canções que ajudavam Trump a acalmar-se durante os seus ataques de fúria, revela novo livro

Um novo livro escrito por Stephanie Grisham, ex-Porta-Voz da Casa Branca, alega que Donald Trump tinha "ataques de fúria" que só diminuíam com música.

Em "I'll Take Your Questions Now: What I Saw in the Trump White House", Grisham diz que os assistentes de Trump contrataram um homem, cuja função era ser o "Music Man" do ex-presidente.

O trabalho deste homem era o de tocar algumas das canções preferidas de Trump, entre as quais está 'Memory', do musical "Cats".

Segundo Grisham, os maus fígados de Trump "não eram só para as câmaras", descrevendo os seus acessos de fúria como "terríveis" — especialmente durante as suas reuniões com os advogados.

"Ele não gostava que lhe dissessem que havia coisas que ele queria fazer que eram pouco éticas ou ilegais", escreveu. "E gritava com eles".

O livro será publicado a 5 de outubro. O ex-presidente dos Estados Unidos ainda não reagiu à sua edição.