Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Alan Lancaster, dos Status Quo

Fin Costello/Getty Images

Morreu Alan Lancaster dos Status Quo. Tinha 72 anos

Alan Lancaster, membro fundador dos Status Quo, morreu este domingo, na Austrália

Alan Lancaster, baixista e membro fundador da banda britânica Status Quo, morreu este domingo, 26 de setembro, em Sydney, na Austrália, depois de uma batalha contra a esclerose múltipla. O músico, nascido em Londres, tinha 72 anos.

A notícia da morte de Lancaster, que abandonou os Status Quo em 1985, voltando em 2013 para uma digressão de reunião da formação clássica, foi confirmada pelo manager da banda, Simon Porter. "É uma notícia tão triste e deixo as minhas sinceras condolências à família".

"Foi um enorme prazer ter a possibilidade de reunir a formação original para duas digressões esgotadas em 2013 e 2014 e dar aos fãs dos Status Quo momentos memoráveis", diz ainda Porter, "apesar de o Alan não estar no seu melhor em termos de saúde mesmo na altura, conseguiu aguentar as digressões com determinação e força e foi um prazer trabalhar com ele".

Francis Rossi, vocalista dos Status Quo, também já reagiu à morte do ex-colega. "O Alan foi parte integrante da sonoridade e do enorme sucesso dos Status Quo nos anos 60 e 70", diz o cantor em comunicado, "apesar de se saber que nos afastámos nos últimos anos, vou sempre ter ótimas memórias dos nossos dias juntos e deixo as minhas condolências à mulher dele, Dayle, e à sua família".

Nascido em Peckham, Londres, em 1949, Lancaster fundou a banda, em 1962, com Francis Rossi, quando eram colegas de escola. Antes de se tornarem Status Quo, o grupo chamou-se The Scorpions, The Spectres e Traffic Jam.

Foi já enquanto Status Quo que alcançaram o sucesso com canções como 'Rockin' All Over The World' ou 'Whatever You Want'. Depois de sair dos Status Quo, em 1985, e de se mudar para a Austrália, Lancaster integrou os Bombers e os Party Boys.