Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Getty Images

Courtney Love: “Talvez o Kurt tivesse sobrevivido se alguém como o Eddie Vedder, com uma boa estrutura, tivesse tido sucesso primeiro”

A viúva de Kurt Cobain, Courtney Love, deu uma rara entrevista sobre “Nevermind’”, o álbum que catapultou os Nirvana para o sucesso, em 1991. “Nunca falo sobre o ‘Nevermind’! Estou chocada por já se terem passado 30 anos”

Courtney Love deu uma entrevista ao "LA Times", onde abordou um assunto que raramente discute: "Nevermind", o mais famoso álbum da banda do seu falecido marido, Kurt Cobain.

"Nunca falo sobre o ‘Nevermind’! Estou chocada por já se terem passado 30 anos", começou por dizer. "É um milagre que o disco tenha sido terminado e que ele tenha encontrado um ótimo baterista e um ótimo baixista, nos quais se pôde apoiar".

Segundo Courtney Love, Kurt Cobain sentiu-se feliz ao gravar "Nevermind". "Deu-lhe a coragem de se desafiar, e ao mundo. E nós todos fomos atrás dele".

Para a líder das Hole, 'In Bloom' deveria ter sido o primeiro single, à frente da icónica 'Smells Like Teen Spirit'.

"Não sou fã da ideia de que tudo poderia ter sido diferente, mas talvez a 'In Bloom' tivesse mudado as coisas", explicou. "Talvez o Kurt tivesse sobrevivido se alguém como o Eddie Vedder, com uma boa estrutura, tivesse tido sucesso primeiro".