Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Getty Images

Poderá esta digressão dos Rolling Stones ser a última? “Fazem-me essa pergunta desde que tinha 31 anos”, diz Mick Jagger

Os Rolling Stones estiveram à conversa com a “Rolling Stone” sobre o seu futuro, agora que Charlie Watts faleceu

Os Rolling Stones deram uma entrevista à revista "Rolling Stone", onde foram questionados sobre se a digressão "No Filter" seria a sua última.

Os rumores de que os Rolling Stones estariam já a pensar na reforma voltaram a ganhar força com a morte do baterista Charlie Watts, no passado mês de agosto. Porém, Mick Jagger não deu uma resposta concreta em relação a esse assunto.

"Fazem-me essa pergunta desde que tinha 31 anos", disse. "E não sei. Tudo pode acontecer. Se no próximo ano as coisas correrem bem e toda a gente se sentir bem em digressão, tenho a certeza de que daremos concertos. Para já vou concentrar-me nesta digressão".

Já Keith Richards prefere pensar na digressão "No Filter" como uma experiência, para averiguar se os Stones se sentem bem em palco sem o seu baterista de sempre. "Trazer isto para a estrada foi muito difícil, mas iremos fazê-lo", afirmou.

"O Charlie estava preparado para que nós seguíssemos em frente. Estávamos a contar que ele voltasse a dada altura. O Steve [Jordan] iria ser o substituto, mas as coisas mudaram".