Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Edwin Congreave é o primeiro à direita

Teclista dos Foals abandona a banda para estudar Economia em Cambridge

"Espero que não seja demasiado melodramático dizer que os Foals salvaram a minha vida — a sério", escreveu Edwin Congreave na hora do adeus. Daqui a uns anos, o músico espera poder usar o novo conhecimento académico "para mitigar a iminente catástrofe ambiental"

Edwin Congreave, teclista e membro fundador dos Foals, anunciou que vai sair da banda, para fazer uma pós-graduação em Economia na Universidade de Cambridge.

A banda inglesa, que assim fica reduzida a um trio, depois da partida do baixista Walter Gervers em 2018, escreveu: "Lamentamos informar que demos o nosso último concerto com o Edwin Congreave como nosso teclista no festival All Points East, em Londres. Foi uma bela despedida. Depois de 15 anos a fazer música e a viajar pelo planeta, ele decidiu dedicar-se a outras aventuras na vida. Foi uma viagem muito louca. Desejemos-lhe o melhor e agradecemos-lhe por tudo", dizem os Foals, revelando que têm estado a escrever música nova como trio.

Por seu turno, Edwin Congreave agradeceu aos companheiros por, há mais de 15 anos, terem dado "um sentido de propósito e pertença a alguém que tinha desistido de estudar e precisava desesperadamente dessas coisas. Espero que não seja demasiado melodramático dizer que os Foals salvaram a minha vida — a sério. E fico muito emocionado quando os nossos fãs dizem que a nossa música os ajudou, também. Isso vai ficar comigo para toda a vida."

Agora, o teclista vai começar a tirar uma pós-graduação em Economia, em Cambridge. "Daqui a uns anos, espero poder contribuir, com os meus conhecimentos técnicos, para mitigar a iminente catástrofe ambiental", afirmou Edwin Congreave, que em 2020 já abordara a questão da crise climática, dizendo que não queria voltar a viajar de avião.

O músico garante ainda sentir muito orgulho por ter acompanhado os Foals no seu trajeto "de delinquentes indie a autênticas estrelas rock. Já ouvi o novo álbum, e claro que está espetacular."