Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Rita Redshoes

Rita Carmo

Rita Redshoes: "Por ter tido uma depressão pós-parto, sentia-me má mãe. Então era o que mais queria e agora não consigo lidar com isto?"

"Tinha quase vergonha, até [perante] o pai da Rosa, de assumir: não estou em condições. [Ser mãe é] a melhor coisa do mundo, mas deve falar-se", defende Rita Redshoes, que esteve no podcast da BLITZ para conversar sobre o novo álbum, "Lado Bom", e a sua inspiração, que foi o nascimento da sua primeira filha. Para ouvir em Posto Emissor

Convidada do mais recente Posto Emissor, podcast semanal da BLITZ, Rita Redshoes falou sobre o seu novo disco, "Lado Bom", e sobre a inspiração do álbum que é editado esta sexta-feira, 24 de setembro: a maternidade, os seus desafios e as suas recompensas.

"Por ter tido uma depressão pós-parto, sentia-me má mãe. Então era o que eu mais queria, de repente está aqui e eu não consigo lidar com isto? Isso causou-me uma culpabilidade brutal", confessa a cantora-compositora. "Tinha quase vergonha, até [perante] o pai da Rosa, de assumir: não estou em condições. [Ser mãe é] a melhor coisa do mundo, mas deve falar-se, para que as pessoas não se sintam isoladas e peçam ajuda."

Pode ouvir a resposta completa pelos 11 minutos.