Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Getty Images

Disputa entre Machine Gun Kelly e Corey Taylor explicada. “O verso que escreveste para mim era muito mau”, diz Kelly

Depois de Machine Gun Kelly proferir tirada contra Corey Taylor, dos Slipknot, a origem das suas desavenças foi revelada, e terá a ver com colaboração abortada entre os dois. Discussão continuou no Twitter

Após provocar os Slipknot, durante uma atuação no Riot Fest, o norte-americano Machine Gun Kelly explicou os motivos da sua disputa com o vocalista do grupo, Corey Taylor.

Em causa estará uma colaboração entre os dois artistas, que ficou sem efeito. Segundo Kelly, o verso escrito por Corey Taylor para a colaboração em questão "era muito mau".

"Ele escreveu um verso para uma canção do 'Tickets To My Downfall'", álbum editado por Kelly em 2020. "Era horrível, por isso não o usei. E ele ficou tão chateado que insultou o mesmo disco no qual quase participou".

O vocalista dos Slipknot já respondeu, partilhando imagens de uma alegada troca de e-mails com Travis Barker, dos Blink-182, produtor de "Tickets To My Downfall".

"Não gosto que as pessoas tornem pública uma discussão privada, como se fossem crianças. Pelo que só vou dizer isto: não participei no tema porque não gosto que as pessoas escrevam os meus próprios versos".

Nos e-mails, pode ler-se que Machine Gun Kelly terá sugerido a Corey alterar o seu verso — e reafirmou-o, logo depois, no Twitter. "O verso que escreveste para mim era muito mau", escreveu. "Disse-te para o reescreveres porque era muito mau. Com todo o respeito". O vocalista dos Slipknot ainda não voltou a responder.