Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Machine Gun Kelly ataca Slipknot em festival: "Fico feliz por não ser um tipo de 50 anos, com máscara, a dizer porcaria"

Depois da escaramuça com o lutador Conor McGregor na passadeira vermelha dos prémios da MTV, Machine Gun Kelly "atira-se" aos Slipknot, que tocaram à mesma hora que ele num festival em Chicago

Machine Gun Kelly provocou os Slipknot durante o Riot Festival, em Chicago, no passado domingo.

Machine Gun Kelly e os Slipknot tocaram no mesmo dia, à mesma hora, e o primeiro não perdeu a oportunidade de 'picar' a banda de Corey Taylor: "Ei, sabem o que me deixa feliz? Não ter 50 anos e usar máscaras em palco e dizer porcaria". Mais tarde, o autor de "Tickets To My Downfall" voltou à carga, pedindo: "Acendam as luzes. Quero ver quem escolheu estar aqui em vez de com os tipos esquisitos de máscara."

Segundo a "Rolling Stone", é possível que a tirada de Machine Gun Kelly tenha sido uma resposta tardia a algo que Corey Taylor, vocalista dos Slipknot, disse em fevereiro. Na altura, Taylor afirmou, em entrevista a um podcast: "Odeio quase todo o novo rock. Quero dizer, aqueles 'artistas' que falharam num género musical e decidiram virar-se para o rock — acho que ele sabe quem é", insinuou na altura, referindo-se provavelmente a Machine Gun Kelly, que começou por ser rapper.