Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Rita Redshoes

Rita Carmo

Rita Redshoes: "É raro ouvir chamar génio a uma mulher. Aos homens é muito mais fácil"

Convidada do Posto Emissor, podcast semanal da BLITZ, Rita Redshoes mostra-se entusiasmada por haver cada vez mais mulheres na música, em Portugal. Mas aponta alguns entraves à sua ascensão, como a forma como as mais velhas são tratadas ou a disparidade de critérios na avaliação. "É raro ouvir chamar génio a uma mulher", aponta. Para ouvir no Posto Emissor

Rita Redshoes esteve esta semana no Posto Emissor para falar sobre o seu novo álbum, "Lado Bom", disponível a 24 de setembro. A artista comentou também a crescente presença das mulheres enquanto frontwomen ou instrumentistas, na música em Portugal.

"Cada vez há mais espaço para as mulheres na indústria musical", alegra-se, lamentando porém que não haja tanta representação feminina na casa dos 50/60 anos. "O talento dessas mulheres continua intacto, ou até melhor, mas leva-se com um carimbo muito duro: 'coitada, está um bocado acabada.'"

"Ainda outro dia pensava: é muito raro ouvir chamar génio a uma mulher. Aos homens é muito mais fácil. Aí ainda estamos muito longe de o espaço da mulher ser respeitado. Também temos de ter essa autoconfiança", defende Rita Redshoes.

Pode ouvir esta resposta pelos 29m 20s.