Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Luís Jardim

Rita Carmo

Luís Jardim: “Os DJs e o rap deram cabo do mundo da música”

“Os DJs acabaram com as bandas ao vivo e são os gajos que dizem ‘Eu vou tocar não sei onde’. Não vai tocar, vai tocar os outros nos sítios onde vai. O rap para mim tem de ser um rap muito especial. Não sou apoiante nem gosto”. No Posto Emissor, o músico e produtor Luís Jardim fala sobre aquilo que considera ser “a destruição da música”

Luís Jardim, o convidado da semana do podcast Posto Emissor, acredita que "os DJs e o rap deram cabo do mundo da música". Sem querer "ofender ninguém em particular", o músico e produtor acrescenta: "não sou apoiante nem gosto".

"Os DJs acabaram com as bandas live e são os gajos que dizem ‘Eu vou tocar não sei onde’. Não vai tocar, vai tocar os outros nos sítios onde vai", diz Jardim, "o rap para mim tem de ser um rap muito especial, porque ir ali dizer meia dúzia de tontices contra a polícia e contra o governo para mim não quer dizer nada".

Para ouvir a partir da 1 hora 4 minutos e 39 segundos.