Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Getty Images

Reino Unido não exigirá “passaporte covid” para entrar em discotecas e festivais de música

Não será necessário apresentar uma prova de vacinação ou um teste negativo à covid-19, para entrar em discotecas ou outros eventos com grandes quantidades de pessoas, no Reino Unido. Mas tudo poderá mudar se o número de casos voltar a aumentar

As autoridades britânicas não irão exigir a apresentação de uma prova de vacinação ou um teste negativo à covid-19 - os chamados "passaportes covid" - para entrar em discotecas ou em eventos que reúnam grandes quantidades de pessoas, como festivais de música.

O anúncio foi feito pelo Ministro da Saúde britânico, Sajid Javid, este domingo. O volte-face deu-se após alguns apoiantes do atual governo se terem oposto, no Parlamento, à medida anteriormente anunciada.

No entanto, Savid Javid acrescentou que esta poderá ainda entrar em vigor, se eventualmente o número de casos positivos voltar a "disparar" no país.

Os opositores desta medida argumentaram que a mesma colocava um fardo inaceitável nas empresas, e alegavam que constituía uma violação de direitos humanos. No Reino Unido, andar sempre com um documento de identificação pessoal não é obrigatório.