Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

DaBaby emite comunicado: ”Peço desculpa à comunidade LGBTQ+”. E afirma que vai procurar educar-se

Após ter sido afastado de importantes festivais dos dois lados do Atlântico, o norte-americano DaBaby endereça agora um pedido desculpas pelos comentários homofóbicos e “desinformados” que proferiu em palco na passada semana. Aproveita para apontar o dedo às redes sociais: “As pessoas querem destruir-te antes que tenhas oportunidade de crescer a aprender com os teus erros”

DaBaby voltou a desculpar-se perante a comunidade LGBTQ+, após tecer comentários homofóbicos durante uma atuação no festival Rolling Loud Miami.

No Instagram, o rapper admitiu ter tecido "comentários desinformados sobre o HIV/Sida" e que "a educação é importante", apontando também o dedo às redes sociais.

"As redes sociais movem-se muito depressa; as pessoas querem destruir-te antes que tenhas oportunidade de crescer a aprender com os teus erros", afirmou. "Enquanto alguém que teve de lutar vindo de circunstâncias adversas, ter pessoas que conheço a conspirar contra mim - sabendo que o que eu precisava era de educação - foi desafiante".

"Obrigado a todos os que me responderam com amabilidade, que falaram comigo em privado para me transmitir sabedoria, educação, e recursos. Era disso que precisava, e foi isso que recebi".

A mensagem de DaBaby surge pouco tempo após o rapper ter sido retirado do cartaz de vários festivais, entre eles o Parklife, no Reino Unido, o Lollapalooza, que se realizou este fim de semana, e o Governors Ball e o Day N Vegas, em Nova Iorque e Las Vegas respetivamente.

Instagram