Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Os ZZ Top vão continuar apesar da morte do baixista Dusty Hill

“Que o espetáculo prossiga!”. A banda norte-americana não vai acabar apesar de ter perdido há poucos dias aquele que foi o seu baixista durante mais de 50 anos

Os ZZ Top não irão cessar a sua atividade, apesar da morte do baixista Dusty Hill, membro da banda há mais de 50 anos.

Numa mensagem enviada ao radialista Eddie Trunk, o guitarrista Billy Gibbons confirmou que não está nos planos do grupo parar de fazer música ou tocar ao vivo.

"Tal como o Dusty disse quando partiu, 'o espetáculo deve continuar'. Iremos honrar o seu desejo", pode ler-se na mensagem.

Os ZZ Top encontravam-se em digressão aquando da morte de Dusty Hill, e para já não foram dados detalhes sobre um eventual adiamento ou cancelamento da mesma. O grupo tem um concerto agendado esta sexta-feira, em Tuscaloosa.