Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Marilyn Manson

David Pomponio/Getty Images

Marilyn Manson quebra o silêncio sobre os abusos de que é acusado. “É um ataque coordenado”

Recusando as acusações de que é alvo, Marilyn Manson defende que as mulheres que alegam ter sido abusadas por ele estão a “tentar explorar e lucrar com o movimento #MeToo”

Marilyn Manson está a tentar livrar-se de ir a tribunal responder às acusações da atriz Esmé Bianco, que diz ter sido abusada por ele, e apresentou a sua defesa negando tudo e dizendo que o processo faz parte de um "ataque coordenado" por parte de várias mulheres, incluindo a ex-namorada Evan Rachel Wood.

Bianco, que se tornou conhecida na série "A Guerra dos Tronos", apresentou um processo judicial contra o músico, em abril passado, por tráfico humano, dizendo ter sido abusada sexual e fisicamente por ele. Agora, segundo o site TMZ, Manson diz que a atriz passou "meses a congeminar e aprimorar" uma história "retorcida" que "em nada se assemelha à realidade".

Sobre as múltiplas acusações, Manson diz que teve relações "consensuais" com as mulheres que alegam que ele abusou delas e que estão "a tentar explorar e lucrar, de forma cínica e desonesta, com o movimento #MeToo". Além do processo movido por Bianco, o músico enfrenta outros três.