Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Mallu Magalhães no Coliseu dos Recreios, Lisboa

Rita Carmo

Mallu Magalhães e Sílvia Pérez Cruz no regresso do Festival Manta a Guimarães

Mulheres dominam cartazes de eventos em Guimarães e Carnaxide, onde artistas emergentes se apresentarão num espetáculo "em que tudo o que acontecer, estará do avesso". Em Guimarães, a entrada no regressado Festival Manta é grátis

Depois de um ano de pausa imposta pela pandemia, o Festival Manta volta a realizar-se nos jardins do Centro Cultural de Vila Flor, em Guimarães, a 10 e 11 de setembro.

A 14ª edição do festival terá entrada gratuita, até ao limite da lotação do espaço.

No primeiro dia atua, pelas 21h30, a espanhola Sílvia Pérez Cruz (acompanhada pelo contrabaixo de Bori Albero e pelo violino de Carlos Monfort). A artista vem apresentar o mais recente "Farsa (Género Impossível)". Criado a partir de conversas com outras disciplinas artísticas como o teatro, o cinema, a dança, a poesia, a pintura e o cinema de animação, o disco responde à inquietação da artista sobre a dualidade do que se mostra e o que realmente somos.

A 11 de setembro apresenta-se o coletivo formado pelos músicos Afonso Cabral, Francisca Cortesão, Inês Sousa e Sérgio Nascimento, no espetáculo "Mais Alto!", dedicado aos mais novos, que contará com comentários da autora Isabel Minhós Martins. Às 21h30 sobe ao palco a brasileira Mallu Magalhães, que acaba de lançar o álbum "Esperança", quinto da sua carreira, produzido por Mario Caldato Jr.

Entretanto, em Carnaxide, acontece já no dia 5 de agosto o evento Do Avesso, com concertos das artistas chica, que depois de passar por bandas como Malaboos ou vaiapraia se estreou em 2020 com a canção 'Brincar com o Cão', vencedora, este ano, de uma menção honrosa no concurso Novos Talentos FNAC, e de Catarina Branco, que em 2019 lançou o EP 'Tá Sol', disco gravado em casa e pós-produzido e misturado por Luís Severo, com quem está a trabalhar no primeiro álbum.

O evento "Do Avesso" acontece no Auditório Ruy de Carvalho, em Carnaxide, com um conceito que passa por desafiar os espectadores a participar numa "experiência singular em que tudo o que acontecer, estará do avesso". Arte performativa e uma exposição de ilustração completam o cartaz do espetáculo, que acontecerá entre as 20h e as 22h. Os bilhetes custam 4 euros.

Com Lusa