Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Dua Lipa ”horrorizada” com comentários de DaBaby no festival Rolling Loud. “Não reconheço esta pessoa”

A artista britânica, que colaborou com o rapper norte-americano em 'Levitating', afirma não reconhecer a pessoa com quem trabalhou. Num discurso que está a ser visto como um incitamento ao ódio, DaBaby 'atirou' contra mulheres, homossexuais e doentes autoimunes

Dua Lipa disse-se "horrorizada" com os comentários do rapper DaBaby, no festival Rolling Loud Miami.

Durante a sua atuação, DaBaby lançou ataques a pessoas homossexuais, mulheres e doentes autoimunes, numa intervenção entrecortada por sons de armas a serem carregadas.

Mais tarde, no Instagram, DaBaby justificou-se dizendo que o seu concerto é "para quem pagou e empregou o seu tempo para me vir ver". "Toda a gente mostrou o seu telemóvel aceso porque nem os meus fãs gay têm sida. Não são drogados".

Nessa mesma rede social, Dua Lipa - que trabalhou com o rapper numa remistura de 'Levitating' - afirmou-se "surpreendida" e "horrorizada" com estes comentários.

"Não reconheço esta pessoa com quem trabalhei", escreveu. "Sei que os meus fãs sabem em que lado me posiciono. Apoio a 100% a comunidade LGBTQ+. Temos de nos juntar e combater o estigma e a ignorância que rodeiam o HIV/Sida".