Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Getty Images

Eric Clapton diz que não vai tocar em concertos que exijam certificado covid ao público

“Não tocarei em qualquer que seja o palco onde haja um público discriminado”, afirma o veterano de 76 anos, que tem sido bastante crítico do impacto da pandemia na música ao vivo

Eric Clapton anunciou que não irá atuar em qualquer sala de espetáculos que exija um certificado covid ao público.

As declarações do músico surgem dias após o primeiro-ministro Boris Johnson ter afirmado que as discotecas, e outros espaços que alberguem grandes públicos, terão que exigir esse certificado.

"Não tocarei em qualquer que seja o palco onde haja um público discriminado", garantiu Clapton. "A não ser que existam provisões para que todos possam assistir, reservo-me no direito de cancelar o espetáculo".

O músico, que tem sido um dos mais críticos do impacto da pandemia em relação à música ao vivo - e que tem propagado teorias negacionistas em relação às vacinas - disse mesmo estar a pensar em emigrar do Reino Unido.

"Pensei muito em tirar a minha família de Inglaterra. Viveremos e começaremos uma nova vida noutro lado", disse.