Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Getty Images

Viúva de Anthony Bourdain desmente realizador do documentário: “Não fui eu que disse que o Tony iria gostar disso”

O realizador de “Roadrunner” usou inteligência artificial para colocar na boca de Anthony Bourdain palavras que o ‘chef’ não disse. Ottavia, a viúva, nega ter autorizado a voz-off “falsificada”

Ottavia Bourdain negou ter dado autorização ao realizador de "Roadrunner", documentário sobre a vida de Anthony Bourdain, para que este "falsificasse" a voz do falecido chef.

"Havia três frases dele onde eu queria a voz dele, mas não havia gravações" de Bourdain a proferi-las, explicou Morgan Neville à "New Yorker", que noticiou o caso. O problema foi resolvido com recurso à inteligência artificial.

Neville disse ter tido a autorização de Ottavia para o efeito, mas esta negou-o, no Twitter. "Não fui certamente eu a dizer que o Anthony não se importaria", escreveu.

Anthony Bourdain e Ottavia separaram-se em 2016 mas, à altura da morte do chef, em 2018, ainda não tinham finalizado o seu divórcio.