Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Salvador Sobral

Joana Linda

Salvador Sobral: “Não cobro tanto quanto cobrava na fase da fama exagerada. Felizmente, o dinheiro nunca me faltou”

Falando do período imediatamente a seguir à vitória no festival da Eurovisão, em 2017, que designa como “a fase da fama exagerada”, Salvador Sobral admite que hoje é um artista mais 'barato' para se contratar. “Estou numa fase de tranquilidade”, diz em entrevista ao jornal espanhol “El País”

Salvador Sobral admitiu que hoje cobra um cachê menor do que aquele que cobrava na "fase de fama exagerada" que viveu depois da vitória na Eurovisão, em 2017, com a canção 'Amar Pelos Dois'.

Em entrevista o jornal espanhol "El País", a propósito de concertos em Espanha, Sobral afirma: "Estou numa fase de tranquilidade. Já nem cobro o que cobrava em 2017. Felizmente, o dinheiro não é uma questão porque nunca me faltou".

Sobre os tempos pós-Eurovisão, Sobral recorda que as pessoas invadiam a sua privacidade mesmo quando esteve no hospital para o transplante de coração. "Os jornalistas entravam, queriam fotografias ou entrevistas... Foi uma loucura. Depois passou, porque saudável já não sou tão interessante".

Admitindo que a Eurovisão lhe trouxe "coisas boas", o artista diz que já não fica incomodado quando o questionam sobre o concurso. "Pensam que vou reagir mal porque o fiz no passado, mas já estou em paz com isso".