Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Doce em 1982

Lena Coelho (Doce): “Fomos completamente achincalhadas. Porquê? Por sermos mulheres, famosas e estarmos a abanar o país?”

“Na altura, arrasaram-nos. Hoje ligam para entrevistas. Havia sempre, por parte dos jornalistas, um odiozinho de estimação. O que é que os incomodava?”. Lena Coelho, das Doce, recorda a forma como o grupo foi recebido pelos meios de comunicação nos anos 80

Lena Coelho, uma das cantoras das Doce, assume, em declarações ao Expresso, que apesar de a banda ter tido muito sucesso nos anos 80 e de ter conseguido conquistar fãs de todas as idades, as quatro artistas foram alvo de ódio e de críticas por parte dos meios de comunicação.

"Havia sempre, por parte dos jornalistas, um odiozinho de estimação. Muitos hoje até telefonam, se for preciso, para pedir entrevistas", começa por dizer, "na altura, arrasaram-nos completamente e achincalharam-nos. O que é que os incomodava? Sermos mulheres, famosas e estarmos a abanar o país?".

Há 40 anos, Lena Coelho, Teresa Miguel, Laura Diogo e Fátima Padinha traziam cor a um país a preto e branco. “Bem Bom”, o filme biográfico que chegou recentemente aos cinemas, traz para a frente o impacto que as Doce tiveram num pós-25 de Abril pouco preparado para as acolher. Leia a história do primeiro fenómeno pop em Portugal contada pelos seus principais protagonistas no Expresso.