Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Tózé Brito

Rita Carmo

Tozé Brito: “O preconceito é a forma mais baixa de censura. Não há músicas melhores nem piores”

“As pessoas nem chegam a ouvir para dizer mal. Acho isso miserável. Primeiro é preciso ouvir”. Tozé Brito defende que “toda a música é válida”. Para ouvir no Posto Emissor

Tozé Brito, o convidado desta semana do podcast Posto Emissor, defende que "toda a música é válida" e que há espaço para todos os tipos de música. "Não há músicas melhores nem piores", afirma o músico, antigo editor e atual vice-presidente da Sociedade Portuguesa de Autores.

"Não gosto de pessoas preconceituosas, porque o preconceito é a forma mais baixa de censura que existe. Nem chegam a ouvir para dizer mal. Isso eu acho miserável", diz ainda Tozé Brito.

Para ouvir a partir dos 22 minutos: