Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Getty Images

Reabertura total em Inglaterra: festivais, concertos e discotecas a partir de segunda-feira

“Passaportes covid” podem desempenhar um papel importante na reabertura prevista para 19 de julho

O governo britânico confirmou que o levantamento de todas as restrições em vigor no país, aplicadas devido à pandemia da covid-19, serão levantadas a 19 de julho.

Com o fim das regras relativas ao distanciamento social, os espetáculos ao vivo e festivais de verão, bem como as discotecas, poderão regressar à normalidade já na próxima semana.

Todos eles serão encorajados a recorrer aos chamados "passaportes covid", ou seja, uma prova de que o seu portador foi vacinado contra a covid-19, deu negativo num teste recente ou recuperou da doença.

Estas medidas foram bem recebidas pela indústria musical britânica, com Mark Davyd, do Music Venue Trust, a dizer ao "NME" que a segurança "continua a estar na dianteira". "Ainda assim, queremos deixar aos fãs de música ao vivo uma mensagem simples: está na altura de regressar".

"Ajudem as vossas salas de espetáculos locais a providenciar eventos seguros, tendo a vossa responsabilidade pessoal em mente: mantenham-se seguros e façam tudo para que os outros também se sintam seguros".

Para Greg Parmley, diretor executivo da LIVE, esta é uma decisão "marcante" após um ano em que a indústria registou perdas na ordem dos 85%. "Os espetáculos poderão ser retomados, devolvendo a alegria, o entretenimento e o entusiasmo aos fãs de todo o país", afirmou.