Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Rita Carmo

Márcia e Isaura apelam à deteção precoce. "A palavra cancro é assustadora. Melhor falar e desmistificar"

Márcia, que recentemente revelou ter sido submetida a uma cirurgia, e Isaura, cuja luta contra o cancro da mama começou no início de 2020, partilham os seus testemunhos e alertam para a importância da deteção precoce da doença

A cantora-compositora Márcia, que recentemente revelou ter recebido um diagnóstico de cancro da mama, defendeu, num post nas redes sociais, a importância da deteção precoce da doença.

"A palavra cancro é assustadora. Melhor falar e desmistificar algumas coisas", defende Márcia. "Uma amiga há uns dias desabafava comigo que tinha ficado muito triste ao saber o que eu estava a passar e que tinha medo de não perceber os sinais. Sinais? Ah pois, não tive nenhum", confessa. "Isto porque o meu tumor foi apanhado ainda antes de ser palpável! Ou seja, por causa disso, não tive de passar pelo processo de quimioterapia, que visa diminuir um tumor de modo a que seja operável, e passei logo para a fase da cirurgia. Agora segue-se um processo de radioterapia que será (embora chato) o menor dos males."

"Isto para vos dizer que, sim, palpação é essencial para um diagnóstico precoce. Mas mamografia é uma tecnologia ao nosso alcance que nos permite enfrentar a coisa ainda mais cedo", sublinha.

Instagram

Márcia agradece a ajuda de outras pessoas que passaram pela mesma situação, como a também artista Isaura. No seu Instagram, a jovem partilhou a sua história: "Há um ano tinha terminado a quimioterapia e preparava-me para a cirurgia. Tive a sorte de que me corresse tudo bem. Mas agora que a adrenalina assenta também já vou conseguindo ver o difícil que foram as várias etapas do processo. Não só para mim mas para quem me amparou. Tive a melhor pessoa do mundo a fazer-me rir e a distrair-me do aborrecido que era estar cinzenta e sem sol. Tive a melhor família e os melhores amigos também", congratula-se Isaura, recomendando: "Façam a palpação e cuidem de vocês. Não se distraiam com afazeres."

Instagram

Quem também está a mesma situação é a radialista Joana Cruz, da RFM, que nas suas redes sociais partilha a evolução dos tratamentos a que se tem submetido e os desafios que a doença lhe coloca.

Instagram

Pode saber mais sobre a deteção precoce do cancro da mama aqui.