Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Getty Images

Por baixo da aura, Freddie Mercury “tinha insegurança e timidez enormes e foi assim até ao fim”

O guitarrista dos Queen, Brian May, reflete sobre a personalidade de Freddie Mercury, falecido há 30 anos. “Por fora era um guerreiro, por dentro uma pessoa muito insegura”

Brian May deu uma entrevista à "Absolute Radio", na qual descreveu Freddie Mercury como alguém "muito inseguro".

"Ele comportava-se como se fosse o Robert Plant, mas por baixo de tudo isso tinha insegurança e timidez enormes, e foi assim até ao fim", contou.

"Ele tinha um lado muito privado, e resolveu as suas inseguranças ao construir-se da forma que queria ser".

"Ele expressava-se de formas muito ousadas. Por fora era um guerreiro, por dentro uma pessoa muito insegura", continuou.

"Perguntavam-lhe se a música dele era importante, e ele dizia que não, que não valiam nada. Mas é claro que ele sentia que tinha algo a dizer".